5 jogadores brasileiros que surgiram na base e hoje brilham no futebol europeu

“A base vem forte”. Quantas vezes você já ouviu essa frase sobre a categoria de base do seu time? Para algumas equipes pode ser raro mas, para outras, os garotos surgem, ganham espaço no time profissional e, após gols e títulos, partem para a Europa, onde fazem ainda mais sucesso em jogos de futebol inesquecíveis.

>> Aqui a sua aposta esportiva tem bônus de boas-vindas!

Confira nossa lista com 5 jogadores brasileiros que surgiram nas categorias de base e que atualmente fazem sucesso no profissional europeu:  

Base que revelou: Figueirense

Onde joga hoje: Liverpool

Natural de Maceió, Roberto Firmino iniciou no futebol com apenas 14 anos, quando começou a jogar no Clube de Regatas Brasil (CRB). Aos 17, o alagoano ingressou nas divisões de base do Figueirense, onde se tornou destaque na Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2009. No ano seguinte, foi promovido ao time principal, sendo reconhecido como peça fundamental por levar o catarinense de volta à Série A do Brasileirão. Em 2011, o atacante rumou ao Hoffenheim, na Alemanha, por 4 milhões de euros e, em 2015, foi transferido ao Liverpool valendo 10 vezes mais. Após a seca de nove jogos sem marcar no time inglês, Firmino voltou a balançar as redes, sendo o responsável pelo gol que coroou o Liverpool campeão no Mundial de clubes de 2019.  

Base que revelou: Flamengo

Onde joga hoje: Real Madrid

Considerado uma joia na base do Flamengo, Vinicius José Paixão de Oliveira Júnior começou a treinar no Ninho do Urubu em 2010 e foi uma das maiores revelações da Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo rubro-negro em 2017. Não demorou muito para o meia-atacante carimbar o seu passaporte para a Europa: com apenas 18 anos, Vinicius Jr foi contratado pelo Real Madrid e, apesar de um início complicado, repleto de críticas e grande pressão da imprensa, o brasileiro se tornou o destaque da equipe. Na atual fase da Champions League, Vini é peça fundamental do time espanhol e foi considerado o responsável por levá-lo até a semifinal, afinal, foi quem marcou 2 dos 3 gols na vitória de 3 a 1 sobre o Liverpool.

Base que revelou: América-MG

Onde joga hoje: Everton

O capixaba de Nova Venécia iniciou MESMO nas categorias de base do Real Noroeste Capixaba Futebol Clube, em 2013. Mas foi em 2014, quando partiu para a base do América-MG, que começou a brilhar. Foi lá que iniciou sua carreira profissional, em 2015 e, no fim do mesmo ano, o Pombo, como é conhecido, assinou contrato com o Fluminense. Depois de apenas 1 ano jogando na série A brasileira, ele partiu para o Watford, na Inglaterra, por um contrato de 12,5 milhões de euros. Em 2018, Richarlison entrou para a história do Everton,  assinando a contratação mais cara do time. Hoje, o camisa 7 do time inglês renovou seu contrato até 2024.  

Base que revelou: Grêmio

Onde joga hoje: Benfica

Com 15 anos, Everton iniciou sua história nas categorias de base do Fortaleza e foi lá que chamou a atenção do Grêmio, chegando a firmar um empréstimo com o tricolor gaúcho em 2012 e que se tornou contrato em 2013. A estreia no profissional veio em 2014, quando atuou apenas duas vezes pelo tricolor. Mas aquele era o início de uma história inesquecível, tanto para o atleta quanto para a torcida: pelo Grêmio, ele conquistou a Copa do Brasil, Libertadores da América, Recopa Sul-Americana e duas vezes o Gauchão. Após 5 anos no clube, Everton Cebolinha, como é conhecido, assinou contrato de 20 milhões de euros com o português Benfica, válido até 2025.

Base que revelou: Santos

Onde joga hoje: PSG

É impossível falar de jogadores brasileiros que brilham na Europa sem falar nele. Neymar Jr., um dos maiores nomes do futebol mundial, chegou às categorias de base do Santos em 2003 e, após 6 anos, fez sua estreia no profissional. Neymar era considerado uma promessa e, ao lado de Robinho, Ganso e André, fazia parte da geração chamada de “Meninos da Vila”, um grupo que deixou sua marca pelos gramados do país. Ney venceu a Copa do Brasil em 2010, a Libertadores em 2011 e não demorou para ser visto como o melhor jogador em atividade no Brasil e muito menos ser levado para a Europa. Foi em 2013 que ele carimbou o passaporte rumo a Barcelona, onde ganhou espaço em pouco tempo. Em 2014 veio a primeira Copa do Mundo e, em 2016, o primeiro ouro Olímpico do futebol brasileiro. Em 2017, o menino Ney, como é chamado, assinou com o Paris Saint-Germain, time em que joga até hoje e onde é visto como uma das principais lideranças. 

Esses são apenas alguns exemplos de jogadores brasileiros que brilham lá fora, mas muitos são os que começaram nas categorias de bases e fazem as redes balançar do outro lado do oceano. Para você, quem é o melhor? 
Se joga! Os melhores campeonatos estão na Betsson. Acesse agora o nosso site e aposte no seu time favorito.